ADCEFET-RJ participa da Reunião Pedagógica e Planejamento da Unidade Maria da Graça do CEFET/RJ

20150202_094240

Ação integra plano de visitas às diversas unidades do CEFET/RJ

A diretoria da ADCEFET-RJ participou, na última segunda-feira, 02/02, de mesa-redonda integrante da Reunião Pedagógica & Planejamento da Unidade Maria da Graça do CEFET/RJ, evento organizado pela Coordenação de Articulação Pedagógica e Social e pela Gerência Acadêmica da unidade.

No turno da manhã, a reunião contou com a contribuição do professor Livaldo Teixeira da Silva (CAp/UERJ), que tratou do tema Concepções de Educação, e da professora Valéria Carvalho (EPSJV/FIOCRUZ), que tratou do tema Introdução à Educação Politécnica (IEP) – Experiências, desafios e possibilidades.

A mesa-redonda do turno da tarde, aberta com a fala de Luiz Sergio Ribeiro, coordenador do Sinasefe Nacional e do SINDSCOPE, teve como tema central os ataques à previdência dos servidores públicos federais e a recente instituição da previdência complementar, a partir da criação da Fundação de Previdência Complementar do Servidor Público Federal do Poder Executivo (FUNPRESP-EXE). Em sua intervenção, Luiz Sergio alertou os servidores presentes sobre os riscos de adesão à FUNPRESP, tendo em vista a indefinição dos benefícios no futuro, uma vez que, pelas regras do plano, eles estão vinculados ao rendimento de futuras aplicações no mercado financeiro.

Luiz Sergio destacou que a criação do FUNPRESP representa uma verdadeira desconstrução do caráter solidário da previdência social e a transferência de recursos públicos para o mercado financeiro, às custas dos trabalhadores. Apresentou o boicote ao FUNPRESP como principal instrumento de luta política dos servidores, no sentido de impedir a constituição do fundo, e convocou os presentes para as lutas que se avizinham em 2015, com a intensificação da política de ajuste fiscal do Governo Federal.

Na mesma mesa-redonda, a diretoria da ADCEFET-RJ fez uma apresentação da seção sindical e do ANDES-Sindicato Nacional, a partir do histórico das principais pautas locais e gerais, e convocou os servidores presentes para integrar os espaços coletivos de mobilização e de luta.

Na apresentação das pautas, foram destacadas as questões de infraestrutura e condições de trabalho e a luta dos professores federais por uma carreira única estruturada. Foram destacados também os efeitos perniciosos dos critérios produtivistas e meritocráticos de desenvolvimento na carreira sobre a dimensão político-pedagógica da atividade docente.

Para saber mais

Consulte a Cartilha Diga Não ao FUNPRESP-EXE, elaborada pelo ANDES-SN.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s